27 de setembro de 2008

CHUVA

Talvez por ser uma mulher do sul, este tempo chuvoso deixa-me a alma alagada.

A chuva suga-me as energias e transforma-me numa espécie de objecto amorfo e melancólico.
Confesso, não gosto que chova de dia!

Este estado climatérico deveria ser obrigatoriamente nocturno, salvo raras (?) excepções diurnas em que amantes apaixonados se entrelaçam debaixo dos lençóis.

3 comentários:

Andarilho disse...

Hoje foi horrível, conduzir debaixo de chuva mais de 200 km. Depois aindar ter de aturá-la porque não me apeteceu andar com guarda-chuva atrás.
Também detesto a chuva de dia mas, adoro estar em casa e ouvir a chuva de noite.

Bj

Sorrisos em Alta disse...

Curioso, o nome do teu marido: Sul.

Se calhar porque é a primeira vez que aqui venho, não percebi é porque é que o facto de seres a mulher dele tem a ver com o estado do tempo.
O gajo trabalha no Boletim Meteorológico????

;o)

Ana GG disse...

sorrisos em alta:

Se estivesses mais atento reparavas que sou apenas uma das mulheres do gajo, o Sul, esse mulherengo. O facto de ser uma das suas mulheres habituou-me ao Sol e à claridade. O tipo não se dá com a chuva.

Pronto...ganhaste! Fiquei sem resposta.
;P


obrigada pela visita!

pessoal que gosta de estar a par destas andanças

facebokiANOS a par desta coisa