31 de outubro de 2009

contingências de última hora, ou, reposição da verdade

Ora bem...

uma vez que não tenho medo da CIA
uma vez que o KGB já foi extinto
que já não tenho idade para que a minha imagem seja utilizada por perigosas redes de pedofilia
e que não sou uma figura pública para se aproveitarem do meu "magnífico" semblante aristocrático....AHAHAHAHAHAHAH


Sinto-me obrigada a publicar uma foto minha recente (de Agosto), para que os meus caros comentadores do post dos "Polvoróns" possam constatar que não estou assim tão "acabada", atendendo à minha "bonita idade".....
PPFFFFFFF....
É que já estavam quase a dizer que estava com os pés para a cova. IRRA!

Nota de rodapé: E na altura ainda não tinha usado os cremes hidratantes do Dylan. Porque agora, 2 meses depois, pareço ter menos 10 anos!

30 de outubro de 2009

conselho para o fim de semana




curva ascendente ou humores em crescendo



Ontem foi um dia do caraças...

A meio da tarde uma ex-aluna disse-me:

"Heeeeee...já não a via há tanto tempo! Desculpe que lhe diga, mas a professora está tão diferente...envelheceu tanto!"

e eu, fiquei com uma tristezaaaaaaaaa..........






Ao princípio da noite uma pessoa muito especial, disse-me:
"Hoje, estás tão gira!"

e eu, fiquei com uma alegriaaaaaaaaaaaaaaa...........



Já noite cerrada ofereceram-me POLVORÓNS de ALMENDRA

e eu, fui ao céu e voltei apenas no espaço de tempo
de uma trincadela!!!!!!!!

25 de outubro de 2009

venenos

Vocês nem imaginam a sorte que têm por não encontrem nada de novo aqui no sítio. É que, segundo as minhas previsões, os textos só poderiam sair envenenados... ando com um daqueles feitiozinhos, UI, UI....

Das duas uma,
ou(quase)só me tenho cruzado com gente mentecapta
ou estou mesmo
uma autêntica "cAbra" venenosa!

Isto só pode ser da atarefação em que tenho andado. Nem me reconheço!
Prometo que volto brevemente com o meu melhor feitio.

Por enquanto...ide visitar outros blogues, ide, ide...

(no entanto, podeis sempre passar por cá que esta coisa não é como a gripe dos porcos)

24 de outubro de 2009

A Matemática do AMOR

Um Quociente apaixonou-se
Um dia
Doidamente
Por uma Incógnita.

Olhou-a com seu olhar inumerável
E viu-a, do Ápice à Base...
Uma Figura Ímpar;
Olhos rombóides, boca trapezóide,
Corpo ortogonal, seios esferóides.

Fez da sua
Uma vida
Paralela à dela.
Até que se encontraram
No Infinito.

"Quem és tu?" indagou ele
Com ânsia radical.
"Sou a soma do quadrado dos catetos.
Mas pode chamar-me Hipotenusa."

E de falarem descobriram que eram
O que, em aritmética, corresponde
A alma irmãs
Primos-entre-si.

E assim se amaram
Ao Quadrado da velocidade da luz.
Numa sexta potenciação
Traçando
Ao sabor do momento
E da paixão
Rectas, Curvas, Círculos e linhas sinusoidais.

Escandalizaram os ortodoxos
das fórmulas euclidianas
E os exegetas do Universo Finito newtonianos
e pitagóricos..

Romperam convenções
E, enfim, resolveram casar-se.
Constituir um lar.
Mais que um lar.
Uma Perpendicular.

Convidaram para padrinhos
O Poliedro e a Bissectriz.
E fizeram planos, Equações e
Diagramas para o futuro
Sonhando com uma felicidade
Integral
E Diferencial.

E casaram-se e tiveram
uma Secante e três Cones
Muito engraçadinhos.
E foram felizes
Até àquele dia
Em que tudo, afinal,

se torna monotonia.


Foi então que surgiu
O Máximo Divisor Comum...
Frequentador de Círculos Concêntricos.
Viciosos.

Ofereceu-lhe, a ela,
Uma Grandeza Absoluta,
E reduziu-a a um Denominador Comum.

Ele, Quociente, percebeu
Que com ela não formava mais Um Todo.
Uma Unidade.
Era o Triângulo,
chamado amoroso.
E desse problema ela era a Fracção
Mais Ordinária.

Mas foi então que Einstein descobriu a Relatividade...

Autor desconhecido. Recebido por email.
NOTA: Retirei parte do último parágrafo porque de repente me irritou. Prefiro deixar a ideia de que a matemática do amor é relativa...

21 de outubro de 2009

Voltei a pôr a minha "tromba" aqui em cima...é que esta coisa não me parecia minha. Sei lá, sentia-me uma intrusa aqui na minha casa. A mocinha do caixote estava só à experiência, não foi despedida, foi contratada para os agradecimentos. Se a quiserem visitar, está no fundo da página.



20 de outubro de 2009

a melhor mãe do mundo é a minha, sabiam?

a melhor mãe do mundo faz hoje 80 anos

esta proeza não é para todos.
se me fosse dado a escolher, seria, sem qualquer sombra de duvida ou hesitação, esta, a mãe que quereria para mim.

é o meu orgulho

O meu exemplo

a minha amiga

é

TUDO

mas TUDO

TUDO, TUDO, TUDO, aquilo que eu poderia desejar!

quero também lá chegar, assim, igualzinha a ela, com tudo de bom que tem por dentro e por fora.

não vou dizer o quanto a amo e adoro e admiro e, e, e…

acho que ela sabe disso melhor do que ninguém.

MUITOS PARABÉNS MÃE!

19 de outubro de 2009

tadinha dela!

Estou desolada!
Então não é que nas últimas sondagens, a minha Lurdecas foi a ministra com menos popularidade!?

Que triste que a senhora está. Estão a ver o semblante carregado com que se apresenta?
...tssss, tssss, tssss....

tadinha!

18 de outubro de 2009

de cara lavada


Não se assustem, estão no sítio certo!

É o olhARES, o blogue da Ana do Sul.

Só mudei os móveis de lugar e pintei as paredes de fresco.

16 de outubro de 2009

Pessoas Tulicreme



Se cá vieram à procura de informação ou de um debate aceso sobre temas relevantes ou actuais (como o novo modelo para a avaliação dos professores), bateram na porta errada! Desenganem-se que não vou falar das possíveis escolhas ministeriais do Sócrates, nem tão pouco da falta de "chá" da Maitê Proença.

Naaaaaaaaaaada disso!

Vou falar-vos apenas e tão só, da forma como me transformo num ser tenebroso por fora e horripilante por dentro (tendo em conta que subitamente me crescem umas perigosas garras, despontam-me da testa uns cornos pontiagudos e da boca, uns caninos longos e afiados) perante a presença das chamadas "Pessoas Tulicreme"…pronto, para os que preferem a marca Nucrema, dou-lhes o pequeno privilégio de substituírem o nome.

Ora agora perguntam vocês, com toda a legitimidade:
O que é uma Pessoa Tulicreme?

Para cada um de nós existirá um padrão. Ou ainda, para aqueles muito pacientes ou nhónhós, ou pititis, talvez seja uma virtude, ser-se uma Pessoa Tulicreme.

Pois é!
Para mim, que sou do mais pragmático que existe, defensora acérrima do "pão, pão, queijo, queijo", apressada por natureza e sem paciência para esperar pelo final das estórias recheadas de pormenores, é um verdadeiro pesadelo partilhar um metro quadrado com um espécime dessa categoria.
Uma Pessoa Tulicreme é capaz de ter, com a maior naturalidade, e, talvez com o intuito de ser agradável ou de ajudar, as atitudes mais enervantes que se possam imaginar.
São tão cremosas, tão achocolatadas, tão prestáveis, tão delicadinhas…que só atrapalham!

Senão vejamos…
Quando nos encontramos:
- "Estás boa fofinha?"
Quando perguntamos se determinada coisa nos fica mal (sabendo de antemão que sim e só perguntando por descargo de consciência):
- "Nãoooo, querida!"
Quando estamos com uma pressa dos diabos e deixámos bem claro que fazemos questão em pagar determinada conta:
- "Eu pago!"; "Deixa estar…eu pago!"; "Olha, está tudo bem, a conta já está paga!"
Quando perguntamos, qual preferes, este ou aquele?
- "Escolhe tu!"; "O que te der menos incómodo!"; "Qualquer um, para mim está tudo bem!"
etc…etc…etc…

Não vos vou massacrar mais porque poderia enumerar situações até Outubro de 2011.
É apenas a consequência de um Encontro Tulicreme que tive hoje e que ainda me está a provocar arrepios. Aliás, para terem uma pequena ideia, o raio dos caninos ainda nem conseguiram voltar ao tamanho normal.


Ah! Aviso desde já que não sou bruta. Tenho é muito pouca paciência!

11 de outubro de 2009

Outonices


Ah! Para que conste, a imagem espectacular, foi retirada daqui


está-me a parecer que foi desta que o Outono
me entrou pela alma dentro

sinto-me assim…

                  assim…

                         assim…

eufemisticamente em modo outonal
literalmente em modo f@did@

10 de outubro de 2009

Oportunidade única


Hoje, e só mesmo hoje, como estou uma "mãos largas", vou oferecer este SELINHO a todos aqueles que me visitam e têm cartas penduradas em casa, porque não têm tempo para o ir  comprar aos correios.


Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii...
sinto-me assim a modos que, sei lá...mázinha!?

pronto
confesso
apeteceu-me
o blogue é meu,
 não há nada a fazer! 

9 de outubro de 2009

As coisas que as nossas Mães nos ensinavam...





A verdade é que esta pedagogia caseira, sem a utilização de qualquer manual, funcionou (na maioria das vezes).


A minha mãe ensinou-me


…a VALORIZAR O SORRISO...
"VOLTAS A RESPONDER-ME E LEVAS NOS DENTES!"



…a RECTIDÃO
"EU ENDIREITO-TE NEM QUE SEJA PRECISO UMA CARGA DE PORRADA!"
 

…a DAR VALOR AO TRABALHO DOS OUTROS...
'SE TU E O TEU IRMÃO QUEREM MATAR-SE, VÃO LÁ PARA FORA. ACABEI DE LIMPAR A CASA!'

LÓGICA E HIERARQUIA

'PORQUE EU DIGO QUE É ASSIM! PONTO FINAL! QUEM É QUE MANDA AQUI?'
 

…o que é MOTIVAÇÃO
'CONTINUA A CHORAR QUE EU VOU DAR-TE UMA VERDADEIRA RAZÃO PARA O FAZERES!'
 

…a CONTRADIÇÃO
'FECHA A BOCA E COME!'
 

sobre ANTECIPAÇÃO
'ESPERA SÓ ATÉ O TEU PAI CHEGAR A CASA!'
 

…sobre PACIÊNCIA
'CALMA!...QUANDO CHEGARMOS A CASA VAIS VER...' 

 
a ENFRENTAR OS DESAFIOS
'OLHA PARA MIM! E RESPONDE QUANDO EU TE FIZER UMA PERGUNTA!'
 

…sobre RACIOCÍNIO LÓGICO
'SE CAIRES DESSA ÁRVORE VAIS PARTIR O PESCOÇO E AINDA TE DOU UMA SOVA A SEGUIR!'

MEDICINA
'DEIXA DE REVIRAR OS OLHOS MENINA! AINDA PODES APANHAR UMA CORRENTE DE AR QUE TE VAI DEIXAR VESGA PARA TODA A VIDA.'

…sobre o
 REINO ANIMAL
'SE NÃO COMERES ESSAS VERDURAS, OS BICHOS QUE TENS NA TUA BARRIGA VÃO-TE COMER A TI!'

 

GENÉTICA
'ÉS IGUALZINHA AO TEU PAI!'
 

acerca das minhas RAÍZES
"PENSAS QUE NASCESTE NUMA FAMÍLIA RICA É?'

…sobre a
 SABEDORIA DA IDADE
'QUANDO TIVERES A MINHA IDADE VAIS ENTENDER E AÍ JÁ SERÁ TARDE DEMAIS.'

…sobre
 JUSTIÇA
'UM DIA TERÁS FILHOS, E ELES VÃO FAZER CONTIGO O MESMO QUE TU FAZES COMIGO! AÍ VAIS VER O QUE É BOM!'

RELIGIÃO
'REZA PARA QUE ESSA MANCHA SAIA DO TAPETE!'

…o
 BEIJO DE ESQUIMÓ
'SE VOLTAS A ESCREVER DE NOVO AÍ, ESFREGO-TE O NARIZ CONTRA A PAREDE!
 

CONTORCIONISMO
'OLHA SÓ ESSA ORELHA! QUE NOJO!'

DETERMINAÇÃO
'VAIS FICAR AÍ SENTADA ATÉ ACABARES A COMIDA QUE TENS NO PRATO!'

…habilidades como
 VENTRILOQUO
'NÃO RESMUNGUES! CALA ESSA BOCA E  DIZ POR QUE É QUE FIZESTE ISSO?'

…a
 SER OBJECTIVA...
'EU CORRIJO-TE DE UMA SÓ VEZ!'
 

…a ESCUTAR
'SE NÃO BAIXAS O VOLUME, VOU AÍ E PARTO ESSE RÁDIO!'

…a TER
 GOSTO PELOS ESTUDOS
'SE EU FOR AÍ E NÃO TIVERES TERMINADO A LIÇÃO,ESPERA QUE VAIS VER!...'

…a
 COORDENAÇÃO MOTORA
'AGORA ARRUMA TODOS OS BRINQUEDOS! APANHA UM POR UM!!!'

…os
 NÚMEROS
'VOU CONTAR ATÉ DEZ.SE ESSE VASO NÃO APARECER ENTRETANTO, LEVAS UMA SOVA!



O b r i g a d a
M ã e ! ! !
(Recebido por e-mail e ligeiramente modificado)

7 de outubro de 2009

Sai uma rolha para a mesa do canto

                          

Hoje tive, literalmente, um dia de cocó, para não dizer de "merda" por causa da censura do Dylan, que está atento a cada palavrão que utilizo. (AHAHAHAHAHAHAH)


NOTA: Reformulei a frase anterior porque gerou alguma confusão.


Imaginem o cenário…


Depois de um acordar conturbado, com direito a discussão matinal, fui para o meu trabalhinho, furibunda.
No intervalo, já mais calma, tive necessidade de ir à casa de banho.


Entrei ao mesmo tempo que uma colega, nova na escola e novinha de idade, toda bonitinha, bem feitinha, moderninhabem vestidinha e mais uma porção de inhas.


Só existem dois compartimentos com as respectivas sanitas e cada uma entrou no seu. 
Mal tinha acabado de me sentar, eis que ouço, vindo do sítio da minha vizinha do lado, dois sonoros, aqui podem ler mesmo SONOROS, flatos (do latim flatus, sopro.  Ventosidades anais que podem ser ruidosas ou não e têm, ou não, um cheiro fétido)…ou "puns", ou "traques", ou "gases", ou "peidos"…vindo daquele rabiosque todo inho, chamem-lhe o que acharem que melhor se adapta.


C'um caraças!


Foi uma coisa nunca vista, ouvida…a bem dizer! Nunca tinha passado por tal experiência...não sabia se havia de rir ou de chorar. Pelo sim pelo não, limitei-me a revirar os olhos e abrir a boca de espanto.


Ele há cada uma!
Sim senhora!

Venho dentro de momentos, vou só ali rezar um "Padre Nosso" para que a rapariga nunca leia este blogue.

(Conversas de merda, ou, novamente a temática do Herman)

5 de outubro de 2009

República MULHER


                                         


                                            



                                          







                                                







                                    
 




                              

HORAS




















…quando chego a casa
dispo-me delas

e obedeço apenas
ao meu relógio 
biológico


Será que isto se chama irresponsabilidade?



4 de outubro de 2009

Desabafos de uma professora à beira de um ataque de nervos



Desaconselho vivamente todos os jovens que ainda têm o sonho, a visão ingénua, de que ser-se professor é abraçar uma vocação, é sentir o prazer de ensinar e ser-se ensinado. Actualmente, essa visão colorida não passa de pura demagogia!

Hoje, para se ser um professor cumpridor, tem de se abdicar quase na totalidade do lado humano da questão, aquele que para mim é essencial e indissociável de tudo o resto. O professor cumpridor tem a papelada muito organizada, escrita numa linguagem por vezes quase imperceptível, segundo as directrizes dos sucessivos ministérios…num mandato usa-se o termo "objectivos", no seguinte "competências", substituem-se termos acessíveis e lógicos por outros pomposos e dúbios, espera-se por novo mandato e nova terminologia e…MERDA! É uma palhaçada pegada que nos rouba tempo útil e nos faz dar voltas à cabeça sem que de facto acreditemos no que estamos a redigir.
Surgem novos cursos…profissionais, CEFs, PIEFs, EFAs e o diabo (nós) que os carregue. Inventam-se disciplinas para as quais temos que esticar a nossa corda, rever matérias, pesquisar temas que desconhecíamos e que dificilmente estaremos verdadeiramente aptos a ensinar. Somos avisados no dia 1 de Setembro, que no dia 15 temos que ensinar conteúdos que nos são, muitas das vezes completamente estranhos e para os quais não estamos verdadeiramente preparados. É a versão economicista da "coisa".
Esta, infelizmente, é a pura da verdade.
Assim vai o sistema educativo, na minha opinião, em prejuízo dos alunos e dos professores.


Um bom professor preparava as suas aulas convenientemente, actualmente esta tarefa reserva-se aos professores com grande capacidade de resistência e que escolham abdicar da sua vida pessoal.
É apenas a minha constatação dos factos, a minha pequenina, grande revolta.


Se gosto de ser professora?
Já gostei muito, actualmente questiono-me quase diariamente se é isto que quero para mim, se é isto que os meus alunos merecem.

Fico muito sentida quando se referem aos professores como sendo uns incapazes que ainda se queixam apesar de todas as regalias que, supostamente, têm. Fico MESMO! Acho uma tremenda injustiça. Consigo desculpar aqueles que por ignorância, desconhecem o dia a dia de um professor. Não desculpo quem o faz confundindo o sistema com a classe. Não desculpo MESMO!

Este ano, por imposição/nomeação, sou da comissão de avaliação. Não gosto de cargos de chefia, não tenho ambições desmedidas…tenho apenas sonhos modestos em que me vejo descalça e despreocupada com as caganças do mundo actual, a trocar o que a vida me ensinou por frutos e sorrisos que me alimentem. Este ano vou fazer o papel do Diabo, vou ser a inimiga.


Sou inteiramente contra este sistema de avaliação! Sou muito a favor de uma avaliação noutros moldes. Sou a favor de que se "premeiem os bons" e se "penalizem os menos bons" em termos de progressão na carreira e para que se possam corrigir os erros de uma forma transparente, à porta aberta. Visando tão só e apenas um ensino com mais qualidade, aquele que os nossos estudantes merecem!

EU, trabalho muitas horas. EU, abdico forçosamente de fazer aquilo que mais prazer me dá. EU, dedico muito menos tempo às minhas obrigações pessoais. EU, estou realmente farta desta...




 MERDA!

2 de outubro de 2009

"TOCA A DOAR", como diria a Sara




Encontrei esta campanha aqui
Achei que também podia ajudar a divulgar.


Vá lá pessoal, "toca a doar"...
não dói nada!

1 de outubro de 2009

Hoje é o dia da Pronúncia

Redacão
Redacção



Hojé o dia danos da Pronúncia!
Ela é a minha grandamiga aqui da net
E eu gosto dela, queide fazer!?








se pudesse 
davalhe 
um doce


e flores










e mandavalhe 
um molho de balões 
de todas as cores



e um grande beijo
porquisso
 é bom e aconchegante














a Pronúncia é coll!






Tu vê lá,
não desapareças…
estou de olho em ti!

obrigada pela visita!

pessoal que gosta de estar a par destas andanças

facebokiANOS a par desta coisa