13 de abril de 2009

Enleios

Eu: Blá, blá, blá e tal e tal e porque isto e aquilo…
...
Ele: Desculpa, nem sei o que dizer!
...
Eu: Blá, blá, blá… Esquece!
...
Ele: E tal e tal e blá, blá, blá… Não esqueço!
...
E pronto, cá vamos nós, ou cá não vamos nós, enleados entre o esquecimento e a lembrança.
...
(Porque será que certas mulheres (eu, incluída) às vezes usam esta merda como se de uma blogonovela se tratasse? É caso para pensar, ou até fazer um estudo aprofundado...quiçá!?)

4 comentários:

Silvia F. disse...

Esta merda como chamas serve para muitos de diário, de confessionário... para mim serve apenas para me abstrair.
Quando leres o meu blog, não te esqueças da dose de humor pois para merdices, a vida em si já tem que chegue.
:)

Beijinhos

Ana GG disse...

Silvia
Para mim também funciona como uma forma de abstracção. Por vezes é um "desabafário", outras um "opinário", outras um "contário"...enfim, coisinhas do meu umbigo.

Eu não me esqueço da dose de humor do teu blogue, é precisamente esse humor que admiro na tua escrita. Mas às vezes, sabe-se lá...
;)
bjos

Pronúncia disse...

Ana:

Passei para te dar um grande beijinho e te desejar um feliz aniversário!

Aproveita bem o dia, diverte-te e passa lá no meu tasco, que tens lá o teu presente ;)

Beijos

Ana GG disse...

Pronúncia
Já passei e já me babei, fiquei mesmo encantada.

Obrigada!
:)))))


obrigada pela visita!

pessoal que gosta de estar a par destas andanças

facebokiANOS a par desta coisa