17 de fevereiro de 2009

Sinto muito...

Acabei de atropelar um cão

Acabei de me sentir a pior pessoa do mundo

Acabei de tomar um calmante

Acabei de me sentir impotente

Acabei de desejar que os ponteiros do relógio andassem para trás

Sinto muito...

14 comentários:

Bruno Fehr disse...

A sensação é terrível, eu atropelei um numa estrada longe da civilização e senti-me culpado, quando na verdade a culpa é de quem deixa um animal solto.

Ana GG disse...

Bruno Fehr
Fiquei desesperada!
O animal ficou a agoniar e vai morrer provavelmente. Parei o carro e a dona, alemã, veio de imediato socorrê-lo. Entendeu que não tive culpa.

Não deixo, contudo, de me sentir culpada...
Merda!

SRRAJ disse...

:-( Espero nunca ter de passar por algo semelhante. Deve ser mesmo um desespero.
Beijo

Ana GG disse...

SRRAJ
É mesmo um desespero!
:(

António Sabão disse...

São coisas que acontecem, amiga! Não vale de nada stressares!
Já mandei "aquilo"...heheheh

Beijinhos

Ana GG disse...

A. Sabão
Já estou menos stressada mas o raio da imagem não me sai da cabeça.

OBRIGADA! Estou ansiosa por receber "aquilo"....ahahah

beijo

*Lisa_B* disse...

Ana,
já vi um pastor alemão ser atropelado e foi horrível, o condutor fugiu e atropelou-o de propósito pois vi que saiu da sua via para vir ao lado oposto dar a violenta pancada no cão. Este homem devia sentir-se muito mal...a Ana, teve sorte de não ser uma pessoa ou criança...seria bem pior apesar de para mim todos os animais serem mais dignos de vida que algumas pessoas mas isso são outras histórias.
Tenho o meu cão fechado pelos muros da quinta em que vivo mas por vezes ele escapa-se não sei ainda por onde...nem sempre os animais que andam soltos são culpa dos donos os deixarem à solta e não é justo ter um cão e amarra-lo a um cadeado ou parecido, senão quando casamos com um homem pomos a trela e o tipo não pode andar com amantes não é?
Foi um à parte pela dignidade dos animais.
Espere-se que o cão melhore e que lhe saia esse peso de cima.
Beijinhos

Silvia F. disse...

Não te podes culpar por algo que não controlaste! Não foste tu certamente que andaste atrás do cão para o atropelar. Paraste, fizeste o que podias enquanto a maior parte nem param.

Beijinhos e muita calma!

afectado disse...

São coisas que infelizmente acontecem. Percebo como te sentes, mas não tens culpa!

Vitor disse...

Ana, ontem a caminho de casa um gato de rua é atropelado mesmo à minha frente, por um carro cujo condutor saiu do carro encolheu os ombros e prosseguiu viagem. Fiquei estupefacto. Reagi como que por impulsionado por uma mola, saltei para o meio da estrada onde o gato estava em agonia, pedi auxílio a uma senhora que passava, para que procura-se uma caixa rapidamente para alojar o bichano, e levá-lo a uma veterinária ali bem perto. A senhora atendeu o meu pedido, e juntos levámos o felino à Drª, que foi espectacular na forma como nos recebeu, e tentou salvar o gatito. Entretanto telefonei à minha filha para que me viesse dar apoio caso fosse necessário. A veterinária tratou-o de modo adequado à situação, dizendo-nos que poderia ser que se salvá-se, e para voltar-mos lá hoje para ver a reacção aos tratamentos. Assim fizemos, eu e filhota. Quando chegámos a Dr.ª olhou para nós de uma forma que deu a entender que os resultados não eram animadores…e aconselhou a eutanásia para evitar um sofrimento sem solução…chorei…vim agora de enterrá-lo num “sítio”onde de vez em quando passo no meu jogging.
Desculpa este tipo de comentário…podia postar a história, mas prefiro “deixá-la” aqui, mostrando a minha solidariedade para contigo…e dizer que estou tão triste quanto tu…afinal os animais são nossos amigos.

Beijo

Ana GG disse...

afectado
Estamos sempre sujeitos que estes incidentes/acidentes aconteçam...nunca esperamos é que sejam connosco.
Foi uma sensação horrível, ainda mais para mim que adoro animais.
Obrigada!
:)

Ana GG disse...

Vitor
A tua atitude foi de Homem.
Subiste imensos pontos na minha consideração ;)

Eu, apesar de tudo, preferia que o animal tivesse morrido logo. Foi horrível vê-lo a agoniar, ficou mesmo muito mal. Possivelmente a esta hora já morreu.

Obrigada pela solidariedade
bjos

Ana GG disse...

Silvia

Não tive mesmo como evitar e ofereci a minha ajuda...foi o mínimo que podia fazer.
Já estou calma :)

bjos

P.S. Tal como o comentário da Luisa, os teus não foram recebidos pelo hotmail, daí que só os tenha publicado agora. Tem-me acontecido isso ultimamente, não sei o que se passa.

Ana GG disse...

*Lisa_B*
Atropelar um animal de propósito, não é humano. BOLAS!!!

Os meus 2 cães às vezes também dão umas espadadinhas que nem sempre controlo.

Colocar uma trela no marido....hummmm...não me parece bem. Haja liberdade!

Beijinhos

P.S. Não recebi o teu comentário no hotmail, por isso só agora o li e publiquei.


obrigada pela visita!

pessoal que gosta de estar a par destas andanças

facebokiANOS a par desta coisa